Notícias

Faça você mesmo seu papel reciclado

Utilizar restos de papéis para fazer seu próprio papel reciclado, é uma atividade artesanal gostosa e divertida. Além disso, a reciclagem artesanal do papel é uma opção de fonte de renda alternativa.

1- Rasgue o papel a ser reciclado em pedaços de aproximadamente 3x3 cm. Deixe-os de molho de um dia para o outro.

2- Bata no liquidificador o papel que ficou de molho. Comece com 15 pedaços de papel para meio litro de água e aos poucos vá percebendo quanto papel pode ser batido ao mesmo tempo. Cuidado: muito papel atrapalha e pode até prejudicar o funcionamento do motor do liquidificador. Além disso, as fibras não ficam bem batidas.

3- Meça a massa de papel e coloque-a na bacia com o dobro de água. Mexa bem, e mergulhe a peneira.

4- Chacoalhe a peneira devagar, espalhando a massa por igual. Deixe o excesso de água escorrer da peneira em cima da bacia. Nesse momento, você pode acrescentar folhas, pétalas ou pedaços de papel colorido.

5- Inverta a peneira com a massa de papel em cima do pano de prato, que por sua vez está em cima de uma pilha de jornais. Prense com cuidado a esponja sobre a massa de papel, absorvendo toda a água possível.

6- Levante a peneira pelas bordas. A massa ficará aderida ao pano. Dobre o pano sobre a massa, embrulhando bem, e pendure-o num varal e deixe secar!

7- Retire do varal o papel embrulhado no pano de prato. Estenda sobre a mesa e descole com cuidado o papel seco do pano de prato.

Depois de pronto e seco, é só decorar ou utilizar para outra coisa útil!


Efeitos decorativos
1- Misture à polpa: linha, gaze, fio de lã, casca de cebola ou casca de alho, chá em saquinho, pétalas de flores e outras fibras.
2-Bata no liquidificador junto com o papel picado: papel de presente, casca de cebola ou de alho.
3-Coloque sobre a folha ainda molhada: barbante, pedaços de cartolina, pano de tricô ou crochê. Neste caso, a secagem será natural - não é necessário pressionar com o pedaço de madeira.
4-Para ter papel colorido: bata papel crepom com água no liquidificador e junte essa mistura à polpa. Outra opção é adicionar guache ou anilina diretamente à polpa.


Dicas importantes
1-A tela de nylon deve ficar bem esticada, presa à moldura por tachinhas ou grampos.
2-Reutilize a água que ficar na bacia para bater mais papel no liquidificador. Conserve a polpa que sobrar: peneire e esprema com um pano.
3-Guarde, ainda molhada (em pote plástico no congelador) ou seca (em saco de algodão).
4-A polpa deve ser ainda conservada em temperatura ambiente. 

Outras Notícias